Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Sou bacharel, e agora?

O Planejamento de Carreira é a Chave para o Sucesso.

A realidade de quem conclui uma faculdade, atualmente não tem sido fácil. Muitos estudantes, após sua formatura acabam deparando-se com o desemprego. Esta é a hora de “acordar”. Agora, como profissionais é preciso ter criatividade para inovar e buscar por seu espaço no mercado de trabalho cada vez mais competitivo. 


Como acadêmicos, muitos jovens deixam de aproveitar oportunidades que hoje seriam consideradas verdadeiros diferenciais: estágios, intercâmbios, voluntariados, projetos de pesquisa, cursos de extensão e participação em eventos e seminários relacionados à área de formação. Os intercâmbios, assim como o voluntariado não só permitem a vivência profissional, mas também o aprimoramento das competências e habilidades, principalmente o relacionamento interpessoal, o planejamento, a negociação, entre outras. 

A participação em cursos de extensão, eventos e projetos de pesquisa relacionados à área de atuação solidificam e aprimoram os conteúdos aprendidos na faculdade. Os estágios são o primeiro meio de aliar a teoria à prática profissional. Para a grande maioria dos estudantes, o estágio á a porta de entrada para o mercado de trabalho. Através dele, o acadêmico passa a ter um contato efetivo com a área escolhida, começa a se deparar com desafios diários, situações reais que aliadas à teoria contribuirão para o desenvolvimento de habilidades e crescimento intelectual, pessoal e profissional. 

Dependendo do desempenho do estagiário no exercício da função a ele atribuída tem muitas chances de vir a ser efetivado pela empresa. Atualmente as organizações, além de buscarem por profissionais generalistas, querem ter a oportunidade de “moldar” o contratado dentro de sua filosofia. Uma outra oportunidade de ingresso no mercado de trabalho que está muito em alta nos dias de hoje são os programas de trainee. Na maioria destes processos de seleção, não é exigida experiência profissional anterior, levando a uma concorrência muito grande nestes processos seletivos. 

O objetivo é captar jovens universitários em término de curso ou recém-formados com perfil de liderança e espírito de trabalho em equipe para que futuramente estejam capacitados à assumir cargos gerenciais. Todavia, é necessário que os candidatos também possuam bons conhecimentos de inglês e ocasionalmente, também é pedido um segundo idioma, quase sempre o espanhol. A experiência de vivência internacional também é um ponto que serve como diferencial ao candidato, assim como o domínio em informática. 

Diversos fatores tornam os programas de trainee atrativos aos jovens candidatos, indiscutivelmente um destes pontos são os salário pagos, pois costumam ser bem mais altos que os de um primeiro emprego habitual. As remunerações oferecidas por estes programas geralmente oscilam entre R$ 1.000,00 e R$ 3.200,00, incluindo ainda uma gama de benefícios comumente oferecidos como: Assistência Médica e Odontológica, Previdência Privada, Clube, Academia, Subsídio Educação, Participação nos Lucros e Plano de Carreira. 

Outro ponto importante, é a oportunidade de realizar estágios em diversos setores da empresa com a finalidade de aprender dentro da filosofia adotada pela instituição as suas reais necessidades e adquirir uma visão mais ampla e estratégica do negócio garantindo também uma rápida ascensão ao posto gerencial. Para usufruir destas oportunidades é necessário que o candidato mantenha-se constantemente atualizado. Costuma-se dizer que o mercado de trabalho não oferece oportunidades, porém o que de fato ocorre é a falta de profissionais capacitados para preenche-las. 

Contudo, ainda é notório um grande déficit de vagas compatíveis com o perfil dos formandos e recém-formados. Os programas de trainee são uma ótima chance de um futuro promissor, mas costumam ser muito rígidos no processo de escolha do candidato. No Brasil, as escolhas ocorrem muito cedo, implicando também em um planejamento de carreira mau-estruturado pelo estudante o que explicaria o aumento do desemprego entre os jovens nos últimos anos. A leitura, o aprendizado e qualificação de um ou mais idiomas, o investimento em capacitação tornam-se essenciais ao candidato que deseja tornar-se competitivo e ganhar destaque no mercado profissional.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

LIVRO: Causos de RH

LIVRO: Causos de RH 2

LIVRO: Causos de RH 3

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO