Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

O que você deve saber antes de liderar

“O prazer dos grandes homens consiste em tornar os outros mais felizes…”
Pascal

Você conhece alguma instituição que gostaria de contratar um grande líder? Você acredita no poder da liderança para o sucesso organizacional? Vivemos uma dicotomia, pois de um lado atravessamos uma era em que as organizações buscam de toda forma identificar talentos e quando encontra os remuneram a preço de ouro. Do outro, não faltam candidatos em busca de cargos de lideranças. Todos desejam reconhecimentos e as benesses oferecidas aos ocupantes dessa cobiçada posição.


“A questão mais persistente e importante da vida é: o que você está fazendo pelo próximo?
Martin Luther King, Jr.

O que muita gente não sabe é como conquistar e manter a posição de liderança por um tempo suficientemente longo a ponto de permitir acumular prestígio e patrimônio. Um líder de verdade deve possuir muitos predicados, mas dentre vários, um é que realmente fará a grande diferença para o seu sucesso: a capacidade de se doar com constância e naturalidade.

Muitos líderes iniciantes fraquejam por não serem capazes de se disporem a ajudar as pessoas a se ajudarem. Muitos são até capazes de dar, mas no fundo mantêm a expectativa de ser retribuído. Ou seja, na primeira oportunidade não pensarão duas vezes: exigirão algo do outro. Como você acha que a pessoa que foi cobrada vai se sentir? Algumas pessoas podem até entender a situação e não se importarem muito, mas muitas não vão gostar, sentirão ódio e farão de tudo para não passar pela mesma experiência. Aí, a sua imagem de líder estará seriamente comprometida. As pessoas, na maioria das vezes, e no fundo de suas consciências, desejam retribuir, porém pensam em fazê-lo de forma voluntária, ou seja, sem se sentirem obrigadas.

“É isto o que vos mando: que vos ameis uns aos outros” (Jo15,17)

Quer fazer uma pessoa se sentir muito especial? Seja generoso com ela. Você acha que Jesus Cristo ou mesmo Madre Teresa de Calcutá faziam tudo que fizeram pelos outros esperando obter para si recompensa das pessoas? A capacidade de doar-se sem se preocupar em receber de volta, desses dois personagens que marcaram e marcarão para sempre a humanidade sem dúvida fez uma enorme diferença para as suas vidas e para cada um que recebeu deles algum tipo de apoio.

O magnífico livro de Stephen Covey, “Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes”, aborda o tema doar de forma memorável. Ele classifica as pessoas em duas categorias: as de mentalidade abundante e as de pensamento escasso. Para Stephen, as pessoas de mentalidade escassa são aquelas que querem obter retorno do que fizeram para os outros. Para essas pessoas, o mundo é como se fosse uma torta e elas farão de tudo para poder garantir o seu pedaço.

“Como Jesus, pertencemos ao mundo inteiro, vivendo não para nós mesmos, mas para os outros. A alegria do Senhor é a nossa força”.
Madre Teresa de Calcutá

Já para as pessoas de pensamento abundante, o mundo também é como uma torta só que eles não se importam tanto em obter logo o seu pedaço. Para essas pessoas, a torta nunca acaba e se acabar elas colocam uma outra no forno.

As pessoas de pensamento escasso, antes de ajudar ao próximo, normalmente tendem a pensar: se eu fizer algo por essa pessoa o que ela poderá me proporcionar de retorno? Já uma pessoa de mente abundante se perguntaria: que pessoa posso ajudar que não me dará nada em retorno?

“A coisa mais gratificante da vida é ser capaz de dedicar uma grande parte de si mesmo ao próximo”
Pierre Teilhard

E você, está disposto a doar-se e tornar-se um líder de verdade ou acha que ser gerente já basta? Se estiver satisfeito com a posição gerencial, saiba que tudo que terá que fazer é encontrar uma colocação certa para si. Porém, se o seu desejo é ser um líder de verdade, deverá estar disposto a ser conscientemente bondoso, generoso com o próximo e convicto de que a sua função será encontrar várias posições certas para todos que encontrar pela frente.

Pense nisso, muito sucesso e até a próxima.
Texto de Evaldo Costa extraído do Boletim Sebrae/RJ.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

LIVRO: Causos de RH

LIVRO: Causos de RH 2

LIVRO: Causos de RH 3

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO