Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 8 de junho de 2010

10 lições corporativas

LIÇÃO CORPORATIVA Nº 1
Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair dele e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta, a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Bob em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Bob diz: "Eu lhe dou 800 dólares se você deixar cair esta toalha." Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Bob então entrega a ela os 800 dólares prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro: "Quem era?"
"Era o Bob, o vizinho da casa ao lado." - diz ela.
"Ótimo! Ele lhe deu os 800 dólares que estava me devendo?"

Moral da história:
Se você compartilha informações a tempo, pode prevenir exposições desnecessárias.

LIÇÃO CORPORATIVA Nº 2
Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz: "Eu só posso conceder três desejos, então concederei um a cada um de vocês."
"Eu primeiro, eu primeiro", grita um dos funcionários. "Eu quero estar nas Bahamas, dirigindo um barco, sem nenhuma preocupação na vida". Puf! e ele foi.
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido: "Eu quero estar no Havaí com o amor da minha vida". Puf! se foi.
"Agora você", diz o gênio para o gerente.
"Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço." - diz o gerente.

Moral da história:
Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

LIÇÃO CORPORATIVA Nº 3
Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:
"Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?"
O corvo responde: "Claro, porque não?"
O coelho senta no chão, embaixo da árvore, e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Moral da história:
Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar sentado bem no alto.

LIÇÃO CORPORATIVA Nº 4

Na África, todas as manhãs uma gazela acorda sabendo que deve conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter viva. Todas as manhãs, o leão acorda sabendo que deve correr mais do que a gazela se não quiser morrer de fome.

Moral da história:
Não faz diferença se você é gazela ou leão, quando o sol nascer você deve começar a correr.

LIÇÃO CORPORATIVA No. 5
Depois de nadar vários dias, um homem foi parar em uma praia. Exausto, dormiu. No dia seguinte, ao procurar comida, viu um jabuti em cima de uma árvore. Como sabia que esse animal não sobe em árvores, resolveu ajuda-lo. Antes mesmo de conseguir tocar no bicho, morreu com uma flechada nas costas.

Moral da história:
Se existem jabutis onde você trabalha, não mexa neles. Afinal, alguém os colocou lá.

LIÇÃO CORPORATIVA No. 6
Um homem muito religioso foi injustamente acusado de ter assassinado uma mulher. Na verdade, o autor era pessoa influente e por isso, desde o primeiro momento, se procurou um bode expiatório para acobertar o verdadeiro assassino. O homem foi levado a julgamento e o resultado: a forca. Ele sabia que tudo iria ser feito para condená-lo e que teria poucas chances de sair vivo desta história. O juiz, que também estava combinado para levar o pobre homem à morte, simulou um julgamento justo, fazendo uma proposta ao acusado que provasse sua inocência.
Disse o juiz:
- Sou de uma profunda religiosidade e por isso vou deixar sua sorte nas mãos do Senhor; vou escrever em um pedaço de papel a palavra INOCENTE e noutro pedaço a palavra, CULPADO. Você sorteará um dos papéis e aquele que sair será o veredicto. O Senhor decidirá seu destino, determinou o juiz. Sem que o acusado percebesse, o juiz escreveu CULPADO nos dois pedaços de papel, de maneira que, naquele instante, não existia nenhuma chance do acusado se livrar da forca. Não havia saída. Não havia alternativas para o pobre homem. O juiz colocou os dois papéis em uma mesa e mandou o acusado escolher um. O homem pensou alguns segundos e pressentindo a vibração, aproximou-se confiante da mesa, pegou um dos papéis, rapidamente colocou na boca e o engoliu. Os presentes ao julgamento reagiram surpresos e indignados com a atitude do homem.
- Mas o que você fez ? E agora ? Como vamos saber qual o seu veredicto?
- É muito fácil, respondeu o homem. Basta olhar o outro pedaço que sobrou e saberemos que acabei engolindo o seu contrário. Imediatamente o homem foi libertado.

Moral da história:
Por mais difícil que seja uma situação, não deixe de acreditar e de lutar até o último momento. SEJA CRIATIVO! QUANDO TUDO PARECER PERDIDO, OUSE!

LIÇÃO CORPORATIVA No. 7
Uma jovem estava passeando com o seu namorado, quando ouviram uns empregados de uma construção gritarem:
- Leva ela para um motel!
O rapaz, muito envergonhado, continuou caminhando com a sua namorada e chegam a um parque onde tinha vários recrutas que gritam:
- Leva ela para um motel!
O rapaz, cada vez mais envergonhado, decide levar a namorada para casa e despede-se:
- Até amanhã, meu AMOR!
A mulher responde-lhe:
- Até amanhã seu surdo!!!

Moral da história:
Escute e põe em prática os conselhos dos consultores externos, pois são pessoas com experiência. Caso você não faça, a sua imagem e gestão empresarial poderá ficar seriamente deterioradas.

LIÇÃO CORPORATIVA No. 8
Um homem, condenado a prisão perpétua por assassinato em primeiro grau, consegue fugir depois de 15 anos na prisão. Ele entra numa casa onde dorme um jovem casal. O assassino amarra o homem e a mulher na cama. A seguir, cochicha no ouvido da mulher e sai do quarto. Imediatamente, o marido fala para a esposa:
- Meu amor, este homem não vê uma mulher há anos. Eu vi como ele olha para você. Quero que você coopere com ele e faça tudo o que ele quiser. Se ele quiser fazer sexo contigo, não o evite e finja que gosta. Por favor, as nossas vidas dependem disso!!!
A jovem esposa diz ao marido:
- Querido, eu sei disso e fico feliz por você pensar assim!
Este homem não vê uma mulher há anos, no entanto ele disse no meu ouvido que durante esses anos ele só faz sexo com outros homens e que gostou muito de ti e perguntou aonde guardamos a vaselina.
Seja forte meu amor, eu também te amo muito.
Nossas vidas dependem disso.

Moral da história:
Não estar bem informado pode trazer sérios inconvenientes. A informação atualizada e exata é fundamental para sair com êxito do ataque de competência desleal e assim evitar surpresas desagradáveis.

LIÇÃO CORPORATIVA No. 9
Um rapaz vai a uma farmácia e diz ao farmacêutico:
- Senhor, pode me dar uma caixa de camisinha. A minha namorada convidou-me para ir jantar esta noite na casa dela e adivinha qual será a sobremesa!?
O farmacêutico dá-lhe o preservativo e o jovem sai da farmácia. De imediato, o rapaz volta a entrar na farmácia, dizendo:
- Senhor, é melhor me dar outra caixa, porque a irmã da minha namorada é uma boazuda, fica cruzando as pernas na minha frente e, as vezes, está sem calcinha. Acho que esta noite vou traça-la como sobremesa, também!
O farmacêutico dá-lhe o preservativo e o jovem sai da farmácia. De novo, volta a entrar, dizendo:
- Senhor, pensando melhor quero outra caixa de camisinha, porque a mãe da minha namorada também é muito gostosa. A velha, quando a filha não está, passa a vida a insinuar-se num modo que me deixa louco... Acho que vou traça-la também!
Chega a hora do jantar e o rapaz está sentado à mesa com a sua namorada ao lado, a mãe e a irmã a frente. Nesse instante entra o pai da namorada e senta-se também à mesa.
O rapaz abaixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar: -Senhor, abençoa este alimento, damos-te graças por estes alimentos ...
Passa cinco minutos e o rapaz continua de cabeça baixa rezando: -Obrigado Senhor por este alimento, blábláblá, blábláblá, blábláblá....
Depois de dez minutos ele continua: -Abençoa Senhor este pão, blábláblá...
Passam mais de vinte minutos e o rapaz continua de cabeça baixa rezando.
Todos ficam surpreendidos e a namorada diz: -Meu amor, não sabia que era tão crente.
E ele diz: - Também não sabia que o teu pai era farmacêutico !!!

Moral da história:
Não comente os planos estratégicos da empresa com desconhecidos, porque essa inconfidência pode destruir a sua própria organização.

LIÇÃO CORPORATIVA No. 10
O Pai diz para o filho: - Filho, quero que você se case com uma moça que eu escolhi.
O Filho responde: - Mas pai, eu quero escolher a minha mulher.
o Pai diz: - Meu filho, ela é filha do Bill Gates.
o Filho responde: - Bem, neste caso eu aceito.
Depois de tudo combinado com o filho o pai marca uma reunião com o Bill Gates.
o Pai diz para o Bill Gates: - Bill, eu tenho o marido ideal para sua filha.
o Bill Gates responde: - Mas a minha filha é muito jovem para casar.
o Pai argumenta: - Mas esse jovem é vice-presidente do Banco Mundial.
o Bill Gates diz: - Neste caso tudo bem.
Depois de tudo combinado com o Bill Gates o Pai vai ao Banco Mundial e pede para falar com o presidente.
o Pai diz para o Presidente: - Sr. presidente, eu tenho um jovem que é recomendado para ser o vice-presidente do Banco Mundial.
o presidente do Banco Mundial responde: - Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, inclusive mais do que o necessário.
o Pai argumenta: - Mas senhor, este jovem é genro do Bill Gates.
o presidente responde: - Neste caso ele está contratado.

Moral da história:
Não existe negociação perdida. Tudo depende da estratégia!

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

LIVRO: Causos de RH

LIVRO: Causos de RH 2

LIVRO: Causos de RH 3

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO